Menu fechado

FOSSAS SÉPTICAS X FOSSAS NEGRAS

A fossa séptica foi criada em Londres por volta de 1900 e o dicionário a define como “um tanque no qual dejetos são decompostos pela ação bacteriana”. A fossa séptica moderna é uma caixa grande, geralmente feita de blocos de concreto pré-moldados, reforçados ou com fibra de vidro mesmo. O sistema de uma fossa séptica é pequeno, de tratamento local e eliminação de líquidos que fica enterrado no solo e este sistema tem duas partes essenciais: o tanque séptico e a área de absorção do solo.
Então, basicamente, funciona desta maneira: Quando os materiais orgânicos sólidos entram na fossa séptica, eles flutuam na superfície e formam uma camada do que pode ser chamado de “lixo”. Então as bactérias ali presentes biologicamente transformam este material em líquido. Já os materiais inorgânicos e os restos dos transformações bacterianas feitas dos materiais orgânicos, afundam até o fundo do tanque e formam uma camada chamada “lodo”. E ali entre essas duas camadas, a de lixo e de lodo que fica a água, e neste espaço deve existir somente esta água limpa e clara, que deve transbordar para a área de absorção do solo.
As bactérias são muito importantes neste processo, pois são elas que vão quebrar e digerir os materiais orgânicos, portanto neste caso é preciso tomar cuidado com alguns produtos que você usa em casa, pois algumas bactérias são muito sensíveis às mudanças ambientais e aqueles produtos que geralmente contém advertências de que podem ser fatais se ingeridos podem matar as bactérias presentes na fossa séptica.
As pessoas raramente pensam no efeito que esses produtos podem ter na sua fossa séptica quando descem pelo ralo, pois a maioria não sabe que as bactérias devem estar presentes para transformar os materiais orgânicos em lixo, porque se não esses materiais orgânicos irão se acumular até tudo transbordar e assim obstruir a área de absorção do solo. Já o lodo que fica acumulando no fundo não é biodegradável e deve ser removido ou então ele irá acumular até transbordar e também obstruir a área de absorção do solo e entupir a sua fossa séptica.
Já as fossas comuns ou fossas negras são poços com paredes, tijolos e cimento onde as águas e materiais residuais fluem e se infiltram no solo através das suas paredes perfuradas. Atualmente essas fossas são mais usadas como um depósito para a fossa séptica e são mais eficientes do que os sistemas mais velhos, pois assim elas recebem menos material sólido. Portanto, onde existe apenas a fossa negra, existe uma necessidade de uma maior atenção e manutenção ao longo do tempo, pois ela necessita ser limpa e esvaziada com maior frequência devido ao acúmulo dos dejetos decompostos no fundo dela, que podem ser prejudiciais à saúde das pessoas que moram próximas a elas. E ainda mais, posteriormente as áreas de drenagem ao redor da fossa pode ficar saturadas e novas fossas terão que ser abertas para lidar com o volume das águas residuais.
Então agora deu pra ter uma boa ideia da diferença entre uma fossa séptica para uma fossa negra e fazer a escolha certa na hora de chamar uma empresa de limpa fossa em Goiânia, não é mesmo?

FOSSAS SÉPTICAS X FOSSAS NEGRAS
5 (100%) 2 votes
Fale Comigo pelo WhatsApp ANUNCIE!

Portal Desentupidoras em Goiânia

 AO FAZER ORÇAMENTO NÃO ESQUEÇA DE DIZER QUE ENCONTROU NO PORTAL!